Este gabinete é constituído por uma equipa multidisciplinar – professores, técnicos e Direção –  que pretende dar resposta a alunos cuja motivação e expetativas académicas põem em causa o seu sucesso, com problemas de natureza disciplinar e/ou de absentismo e até de integração, com sérias carências de índole socioeconómica, oriundos de famílias desestruturadas, prevenindo o abandono escolar, numa ação concertada com os diretores de turma, as famílias (contactos presenciais e domiciliários), a Direção, o ASE, o SPO, a Técnica de Serviço Social, a CPCJ, o Centro Comunitário da Cruz Vermelha, as autarquias, os Serviços de Saúde, a Segurança Social / Núcleo do RSI / EMAT, entre outros.

Atendendo aos objetivos gerais do Projeto Educativo e do projeto TEIP, desenvolve um conjunto de estratégias diversificadas, constituindo os principais objetivos do GAAF orientar alunos em risco de insucesso escolar, diminuir os problemas disciplinares, reduzir o absentismo e abandono precoce, melhorar o clima do agrupamento e desenvolver a autonomia, a responsabilização e a participação ativa da Comunidade na construção do seu futuro, com Saúde e bem-estar.

Este Gabinete responde também ao nível da avaliação e intervenção psicológica, da orientação vocacional dos alunos, do apoio e mediação social a alunos e famílias. Procura-se ainda prevenir e trabalhar as possíveis situações de indisciplina, aplicar novas estratégias de promoção do sucesso escolar, mediar conflitos e contribuir para um melhor funcionamento e clima da escola.

São também implementados programas de competências sociais e de tutorias para alunos e uma intervenção dirigida a pais/encarregados de educação, promotora de uma convivência familiar saudável, indispensável para o processo de formação integral do jovem e também fomentar da participação proactiva /positiva dos pais no contexto escolar.